4 de agosto de 2012

R E I K I: Equilíbrio entre mente, corpo e espírito, a evolução humana....


"Quem sou eu, o que é a vida, de onde eu vim, para onde eu vou? Estes e outros questionamentos que sempre fazemos ao longo de nossas vidas. Embora nem todas as pessoas se preocupem com isso, a maioria de nós quer sim uma explicação para tudo o que não é visível. A energia é dessas coisas invisíveis que procuramos entender. Tendo ou não noção de tudo o que representa, é sabido que a energia é capaz de trazer grandes benefícios para todas as pessoas. Para tanto, é preciso saber canalizar esta energia e utilizá-la da melhor forma possível no dia-a-dia. Uma das formas de receber e usufruir desta energia é através do Reiki. 

A energia, antes de tudo, é a força que gera um movimento. Às vezes nos pegamos dizendo; “aquele lugar estava com uma energia negativa”, ou ao contrário; “que energia boa que tem aquela pessoa”. Foi-se o tempo que a palavra energia era usada apenas para dizer que “acabou a luz” ou “acabou a força”. Além da energia que os alimentos oferecem para o nosso corpo físico, também precisamos de outro tipo de energia, mais sutil, que abastece a nossa alma e nosso corpo. Ela é a Energia Vital que permeia todo ser vivo e cada cultura elaborou um método próprio de recebimento e aplicação da mesma. E cada cultura a conhece por um nome. No Japão e no Ocidente, por exemplo, ela é chamada de “Ki”.
E o que é Reiki?

Muitos de nós já ouvimos falar ou já lemos alguma coisa a respeito do Reiki. Famosos como os cantores Roberto Carlos e Elba Ramalho já declararam pela imprensa suas experiências e os efeitos benéficos que obtiveram com essa prática. A maioria das pessoas, no entanto, não sabe o significado do Reiki. A palavra Reiki, de origem japonesa é composta por duas silabas: "Rei (Universal) e Ki (Energia), então Reiki, é a Energia Universal”. Segundo constam nos manuais de Reiki, o mesmo é uma técnica milenar de cura que já era praticada bem antes de Cristo e de Buda estarem na Terra. Tanto que adeptos mais fervorosos do Reiki afirmam que Jesus Cristo e Buda também eram reikianos.

Após anos de ostracismo, esta técnica de utilização da energia foi redescoberta no final do século XIX pelo japonês Doutor Mikao Usui, monge e reitor da Universidade de Kyoto, no Japão. No Universo encontramos a energia cósmica. E é a partir desta energia positiva, pura e concentrada que a vida em nosso planeta se mantém. Quando se aplica o Reiki, a pessoa que primeiro recebe esta energia torna-se um canal para a disseminação da mesma em outras pessoas. Isso ocorre após a pessoa ser submetido a um processo de sintonização ou iniciação de método feito por um mestre devidamente habilitado. 

Através das mãos, o reikiano equilibra e harmoniza os níveis físico, mental, emocional e espiritual de quem recebe esta energia (que pode ser ela própria ou a segunda pessoa). Com essa canalização, além de seres humanos, o reikiano pode cuidar também de animais, plantas e lugares. É importante dizer que a energia do Reiki age basicamente em nossos chakras, ou seja, nos pontos de ligação entre o corpo físico e o corpo energético. Os chakras são centros de entrada e saída de energia, distribuídos por todo o corpo e responsáveis por manter a saúde e a vitalidade do mesmo. A Energia do Universo entra pelos chakras e é transportada para todo o corpo, servindo de alimento para o mesmo. Quando um dos chakras está com problemas, ou seja, em desarmonia, ele passa a não captar energia suficiente para o corpo, o que ocasiona várias doenças no ser humano.
Os chakras

Existem sete chakras principais, que são o Básico, o Esplênico, o Umbilical, o Cardíaco, o Laríngeo, o Frontal e o Coronário. Cada chakra corresponde às propriedades físicas, mentais e emocionais. Por exemplo, o chakra Básico localizado na base do cóccix, é por onde o corpo recebe a energia proveniente da terra. É responsável por energizar as glândulas reprodutoras e todo o sistema ósseo. Já o chakra Esplênico, localizado no início da cavidade abdominal, boca do estômago, é o energizador do sistema digestivo e o centro das emoções inferiores. Como raiva, força de vontade e auto-estima. Quando estamos com problemas emocionais, por exemplo, concentramos a energia, através do Reiki, no chakra Coronário que governa a parte superior do cérebro e rege o sistema nervoso. A energia recebida reequilibra as funções mentais do indivíduo.

A pessoa que quer ser iniciada no Reiki pelo Sistema Usui Shiki Ryoho e Método The Reiki Alliance, aprende-se em três estágios distintos. No primeiro nível ou autocura, aprende-se a técnica da imposição de mãos e a auto-aplicação. No segundo nível ou conhecimento profundo, intensifica-se a energia através dos símbolos e mantras, e a pessoa poderá aplicar Reiki à distância. Esse nível também favorece o tratamento de todas as doenças psicossomáticas, como estresse e ansiedade. Por fim, no terceiro nível, ou formação de mestre, e acrescido mais conhecimentos e símbolos e o reikiano recebe a abertura energética para iniciar outras pessoas, Primordialmente, o terceiro nível ou caminho de mestre, visa um crescimento espiritual e pessoal, intensificando a energia. Para chegar até aí, são anos de preparação e estudos. Pronto para se iniciar nesta técnica? Então não perca tempo e mãos à obra!"


Jeronimo Jovino da Silva
Mestre, The Reiki Alliance, USA

2 comentários:

  1. Estou me interessando por Reiki, estou lendo a respeito. Me convidaram para ir a um "curso" (nao sei se seria um curso ou qual experessao usar).
    Meire

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga,

    A energia universal é disponivel para todos nós, a imposição das mãos nos permite canalizarmos para doação.Acho muito importante fazer um bom curso e iniciar-se com um mestre para termos mais conhecimento e consciencia do que estamos fazendo,o que e como acontece. Sou reikiana nivel II, continue no caminho e buscando, confie!
    beijos no coração!

    ResponderExcluir

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...